Número total de visualizações de página

Fussballverband Region Zürich mit Portugiesischen Teams

BLOGGER: SP de Braga, Braga, Portugal. Sporting Clube de Braga de Zurique, Zürich, Switzerlande - GVrreiros do Minho e cultura luso Portuguesa & Helvética...

3. Liga - Gruppe 2
Sporting Clube de Zürich & Centro Lusitano de Zürich
http://www.football.ch/fvrz/de/verein.aspx?v=1629

4. Liga - Gruppe 3
Lafões Club Portugues
http://www.football.ch/fvrz/de/meisterschaft-fvrz.aspx

4. liga - Gruppe 4
Braga de Zürich & Benfica Clube de Zürich
http://www.football.ch/fvrz/de/meisterschaft-fvrz.aspx

Refiro que, o SP de Braga de Zürich, joga com o nome emprestado da Organisação FC Industrie Turicum 2

Site Oficial da Liga Portuguesa de Futebol Profissional http://www.lpfp.pt/Pages/Inicio.aspx

e-mail inspiracaodoautor@sapo.pt

domingo, 26 de julho de 2009

SC Braga, SC Braga Zurique - Desporto nacional - Cultura Luso-Helvética

Aguardando o início do campeonato em Zurique, onde entram 4 equipes portuguesas.
VEJA os OLHARES do "Quelhas" http://olhares.aeiou.pt/utilizadores/?chave=joao%20carlos%20veloso%20goncalves http://olhares.aeiou.pt/utilizadores/?chave=quelhas

9 comentários:

Benfica vence mais uma taça disse...

Benfica vence mais uma taça

Ramires e Saviola, em grande plano, ajudaram a derrotar o Ajax na sua própria casa

O Benfica conquistou, ontem, domingo, o Torneio de Amesterdão, ao derrotar o Ajax, em sua casa, por 3-2. A equipa de Jorge Jesus fez uma exibição de qualidade, com golos de David Luiz e de Di María. Aissati marcou na própria baliza.

Vale o que vale, dado não ser absolutamente obrigatório vencer na pré-época, mas os encarnados já vão em duas conquistas no mês de Julho. Após o Troféu do Guadiana, arrecadaram mais uma taça, desta vez em solo holandês. É um início de temporada frutuoso e que dá indicações aos adeptos para sonhar com um ano melhor do que o anterior.

Jorge Jesus mudou pouco relativamente ao encontro de Sunderland. Inserido na lógica de rotatividade dos guarda-redes, Moretto saiu e Moreira jogou 90 minutos, ao passo que os "desgastados" Aimar e Cardozo cederam os postos a Carlos Martins e Nuno Gomes. A dinâmica de jogo indicou sempre que não houve quebra de qualidade. Ao invés, notou-se que a preparação vai de vento em popa.

Verificou-se, sobretudo, que o treinador já tem ideias muito bem delineadas sobre o que deseja. Exemplo disso é ter utilizado apenas 18 elementos nas duas partidas, assentes num losango elástico, com enorme acutilância ofensiva, mas ainda com dificuldades no pressing e na defesa. Revelou-se saboroso observar a fluência do jogo encarnado, quase sempre ao primeiro toque. Na segunda parte, as águias chegaram mesmo a dar algum espectáculo, calando por completo os adeptos do ArenA.

Para que fosse possível, foi notória, mais uma vez, a boa capacidade técnica do meio-campo. Ontem, foi já possível constatar a enorme qualidade de Ramires, tão bom a defender e a ajudar Javi Garcia, como a libertar venenosos contra-ataques. Por seu lado, Saviola, e já é um lugar comum, apresenta um futebol de deslumbre, bem acompanhado por Di María - esteve em dia "sim", fantásticos alguns dribles que protagonizou - e por Carlos Martins.

Diga-se, porém, que a sorte abriu o caminho aos lisboetas. Aos oito minutos, Aissati rubricou um daqueles momentos que perdurará no anedotário do futebol, ao efectuar um chapéu de belo recorte ao seu próprio guarda-redes. Surpreendido, o onze de Jorge Jesus aproveitou para tomar conta do encontro, enquanto o adversário revelava rapidez, mas quase nenhuma chance de golo.

Di María fez o segundo tento à passagem da meia hora, mas uma desatenção defensiva grave foi aproveitada pelos holandeses para reduzir a desvantagem. Luisão mostrou estar bem longe da forma ideal e Garcia revelou lentidão. Adivinhava-se um vendaval de futebol do conjunto de Martin Jol após o intervalo, mas nada disso aconteceu. À excepção do último golo do Ajax, em que esteve trapalhão, David Luiz rubricou uma boa prestação e concretizou o terceiro das águias. Houve tremideira no final, mas a boa posse de bola deixou tudo na mesma. Nuno Gomes ergueu a taça no final. Impossível disfarçar o gosto de vencer um troféu com nome internacional.

Ajax 2

Benfica 3

local: arena de amesterdão, na holanda.

Arbitro: pieter vink (holanda)

ajax: Vermeer; Silva, Oleguer, Anita e Vertonghen; Rommedahl, Donald, Aissati e Emanuelson; Sulejmani e Suárez. Jogaram ainda: Cvitanich, Zeegelaar, Van der Wiel, Van der Heijden e De Jong, Treinador: Martin Jol.

benfica: Moreira; Maxi, Luisão, David Luiz e Shaffer; Javi Garcia, Ramires, Di Maria e Carlos Martins; Nuno Gomes e Saviola. Jogaram ainda: Cardozo, Rúben Amorim, Aimar, Fábio Coentrão e Weldon. Treinador: Jorge Jesus.

Ao Intervalo: 1-2. marcadores: Aissati (8, p.b.), Di María (30, Donald (44)), David Luiz (54) e Rommedahl. cartão amarelo: David Luiz (62).

Terra das (Marias) da Fonte ou fontanário, história com histórias... disse...

Qual melhor perfil p/autarca-presidente-virtual,no faz de conta?!...

Manuel Batista - Presidente de todos os Povoenses, quer queiram quer não!


Entrevista ao Presidente da C.M. Póvoa do Lanhoso Sr. Manuel Batista

“Para o ano irei fazer aquilo que todos fazem”

Lusitano de Zurique

— Este é o seu primeiro mandato. Como encontrou a Câmara Municipal?

MB — Efectivamente é o meu primeiro mandato. Nós encontrámos algumas dificuldades financeiras, mas para o ano há novamente eleições. Todos os presidentes fazem grandes investimentos para as ganhar e eu irei fazer aquilo que todos fazem: Apostar no investimento não só no Concelho mas em todas as freguesias. Iremos exceder um pouco o orçamento mas isto é normal, é política.

LZ — Segundo os naturais do seu Concelho, cada presidente que passa, muda de lugar a estátua da Maria da Fonte. Pode explicar-nos o porquê desta movimentação do grande símbolo do Concelho?

MB — Sim realmente isto é uma pergunta impertinente, mas responderei com todo o gosto. A estátua da Maria da Fonte foi mudada do centro da praça Armando Rodrigues para a parte de trás da casa da Botica. Era uma heroína que passou a estar escondida. Nós quando rectificamos aquele espaço urbano da vila respondemos aos apelos dos povoenses que pessoalmente pediram a mudança da estátua para a rotunda.
Quisemos dar-lhe a dignidade que merece, sendo ela uma heroína, o símbolo do Concelho da Póvoa do Lanhoso. A vila está bonita e espero bem que ela fique por aqui, não há razões para a mudar novamente. Como sabe, aquilo que temos de bom tem de ser mostrado e hoje o centro da vila, é a sala de visita do Concelho e estátua da Maria da Fonte ficará por lá.

Sr. Presidente o nosso obrigado pelos minutos que nos dispensou.

Pedro Silva

Terra das (Marias) da Fonte ou fontanário, história com histórias... disse...

ROUPA SUJA: Qual melhor perfil p/autarca-presidente-virtual,no faz de conta?!...

Quelhas - Senhor presidente a entrevista feita pelo Pedro deveria ser mais aprofundada acerca da Maria da Fonte, mas o colega não tem muitos conhecimentos sobre o assunto, esteve bem!

Caro presidente, então, a Maria da Fonte também foi mudada de figura, não só de sítio, porque o poder local e os intelectuais do concelho da Póvoa de Lanhoso não estão de acordo com a verdadeira Maria da Fonte e a sua história?

Porque é que, o meu futuro livro, “Terra das (Marias) da Fonte ou fontanário, história com histórias…” está a incomodar muita gente?

Um abraço a todos os povoenses do tamanho do Mundo e um feliz Natal.

Quelhas o inspirador

Dr. Lourenço - Candidato pela esquerda nas autarquicas na Póvoa de Lanhoso, quer queiram quer não!

Como já tinha dito anteriormente e, a minha opinião não conta, a candidatura do senhor Lourenço deveria ser nas próximas eleições autárquicas. Este ano seria e será muito difícil vence-las e, talvez numa derrota se retire novamente e não esteja lá nas próximas onde teria 100% hipótese de as ganhar. Agora o senhor Batista dificilmente perderá, para além de popular tem-se revelado pela positiva. É e será pena desperdiçar o candidato Senhor Lourenço, por outro lado o Senhor Batista deverá continuar o mandato para mostrar as suas convicções e fazer com todo o tempo do mundo aquilo que se propus. Estou dando opinião somente pessoal, não passa de uma observação não política e fora da política, jamais me envolvo em campanhas, serei, a partir das últimas autárquicas um cidadão independente, embora com tendências da esquerda, mas na minha terra quem contam são os homens e não os políticos.Por isso gostaria, de coração que o cidadão Manuel Batista continuasse e, por sua vez o Senhor Lourenço não se tivesse candidatado, será desperdício um ficar de fora, uma vez que os dois são potenciais candidatos à liderança. Assim sendo numa vitória do senhor Batista e numa candidatura próxima do senhor Lourenço seria a melhor opção e, no caso de derrota do Senhor Lourenço ele desistirá e nas próximas, como digo, não o temos para ganhar as autárquicas.

Espero que respeitem as minhas observações, sem me tratarem de tal forma como já o fizeram. As minhas opiniões não contam, mas, terão que as respeitarem em democracia.
Podem contradizer, e comentar, dês que seja com moderação.
Tenho dito. Um abraço aos candidatos e a todos os meus conterrâneos a partir de Zurique.

Quelhas o pensador


“Quelhas”; Um literato ocasional, o homem, o inspirador, o escritor, o poeta, o jornalista, o crítico, o artista, o dramaturgo, o cómico, enfim, uma figura diversificado, quer queiram quer não!

"Quelhas" isento de política, apenas brincado...

Manuel Araújo - Jornalista Português disse...

Manuel Araújo - Jornalista Português

Manuel Araújo[1] é um jornalista [2] português. Nasceu em Caldelas - Amares, em 16 de Abril de 1952. Fundou em 1998 com Adelino Sá, na Suíça, o jornal Gazeta Lusófona[3]http://www.gazetalusofona.ch/, órgão de comunicação social, dirigido às Comunidades da Língua portuguesa, emigradas na Europa। Actualmente, é jornalista-freelancer na imprensa regional em Portugal e também editor da revista Lusitano de Zurique[4].http://www।cldz.ch/ http://www.manuelaraujo.org/ http://araujo.wordpress.com/

DESCOBRI Links Interessantes DE MANUEL ARAUJO:

Castelo de Lanhoso: PSD APROVA MANUEL BAPTISTA

Terra das (Marias) da Fonte ou fontanário, história com histórias...

ENTRE MUITOS

Descobri também o hobby do jornalista minhoto! Gosta de cães, fotografia, e tem como grande amigo Pedro Barroso - musico e é um pouco exigente para com o Quelhas...
Publicada por Póvoa de Lanhoso a contrariar ou no seu melhor!

Inspiração do Compositor disse...

PS quer conta-poupança para cada filho nascido

Programa prevê que Estado deposite 200 euros, cativos até aos 18 anos do beneficiário

O PS propõe - no programa eleitoral que hoje apresenta - que seja criada uma Conta-Poupança Futuro, com benefícios fiscais equivalentes aos da poupança jovem, e cuja quantia acumulada só pode ser levantada quando o titular atingir os 18 anos.

Por cada nascimento, o Estado vai abrir uma conta poupança no valor de 200 euros, que funcionará como um depósito a prazo e que será premiada com uma taxa de juro semelhante ao das actuais contas poupança jovem.

Esta é a última das medidas que o PS concertou nas reuniões tidas com membros da sociedade civil, na recolha de contributos para a elaboração do programa eleitoral: "Avançar Portugal" 2009/2013, apresentado hoje à tarde em mais uma sessão das "Novas Fronteiras", no Centro Cultural de Belém, em Lisboa.

Pais e familiares poderão fazer depósitos regulares na conta da criança, mas o montante que for sendo acumulado só poderá ser levantado quando o titular da conta chegar à maioridade, ao atingir os 18 anos.

Numa estimativa efectuadapara o JN pela DECO, um depósito a prazo aberto com 200 euros, mantendo-se a taxa de juro em vigor, renderá daqui a 18 anos - em 2027 - 252,35 euros. Cerca do dobro do valor inicial investido.

Estes cálculos realizados pela Associação de Defesa do Consumidor tiveram por base a taxa Euribor a 12 meses, ontem cotada em 1,3%. A DECO aconselha, porém, que o investidor tente negociar uma taxa de juro mais alta - na ordem dos 3% -, tendo em conta a duração tão prolongada destes depósitos a prazo.

Esta medida - inscrita no pacote das novas políticas sociais que o Executivo socialista pretende implantar, caso vença as legislativas de 27 de Setembro -, segundo foi dito ao JN, "visa incentivar a natalidade e a poupança e aumentar a capacidade de autonomia dos jovens, pelo fomento da igualdade de oportunidades".

Os socialistas consideram esta uma medida emblemática para que os filhos nascidos em famílias carenciadas possam ter mais um apoio ao entrar na idade adulta.

Este tipo de iniciativa já existe noutros países da União Europeia, mas, de qualquer forma, difere do subsídio (de 2500 euros) que o Governo espanhol decidiu atribuir há dois anos - no Verão de 2007 - a cada parturiente por nascituro ou a cada adulto que tenha concluído uma adopção.

Ainda assim, Portugal, Espanha, Grécia e Itália estão entre os estados-membros da União Europeia a 15 - antes de Maio de 2004 - que menos apoio prestam às famílias. Para além do apoio dado à nascença (em França e na Bélgica, por exemplo), na Holanda - onde não existe um subsídio de nascimento -, o Estado dá à família um valor trimestral até o menor atingir os 18 anos, independentemente dos rendimentos.

Se esta medida for avante em Portugal, para abrir a conta do seu filho será necessário apresentar o respectivo bilhete de identidade, passaporte ou autorização de residência. Se não os tiver, o boletim, a certidão de nascimento ou um documento público equivalente (se não for português). E ainda o cartão de contribuinte. Se o poder paternal estiver entregue a um dos pais, a uma terceira pessoa ou instituição, é ainda precisa a certidão do tribunal.

Póvoa de Lanhoso a contrariar ou no seu melhor! disse...

Ferreira Leite contra "perseguição social dos ricos" através dos impostos

A presidente do PSD, Manuela Ferreira Leite, declarou-se hoje, quarta-feira, contra o que chamou de "uma quase perseguição social" dos ricos, contestando a ideia de lhes "retirar determinado tipo de benefícios, de deduções fiscais".

Durante uma conferência organizada pelo jornal Diário Económico, num hotel de Lisboa, Manuela Ferreira Leite foi questionada sobre a política fiscal que defende para os próximos quatro anos.

Antes de lhe ser colocada essa questão, a presidente do PSD já tinha defendido que, "não sendo possível a curto prazo reduzir a carga fiscal, deve iniciar-se, desde já, a tarefa de simplificação do sistema fiscal".

Na resposta, Manuela Ferreira Leite reiterou que considera prioritária "a simplificação do sistema fiscal", acrescentando: "Eu penso que da simplificação do sistema fiscal pode surgir algum alívio fiscal para os cidadãos".

Considerando que "o nível fiscal está elevadíssimo para todos" em Portugal, a presidente do PSD voltou a afirmar que, se puder, baixará os impostos, embora não faça essa promessa, e afastou novamente a possibilidade de os subir: "Não há política que resista ao facto de aumentar mais os impostos, isso digo categoricamente. Há que mexer na despesa, não há que mexer na receita".

A propósito da política fiscal, Manuela Ferreira Leite considerou inaceitável "que os responsáveis políticos utilizem na sua linguagem dicotomias como ricos e pobres", afirmando que "uma política fiscal não é para perseguir nem é para fazer justiça pelas suas mãos".

"Eu discordo completamente que sejam tomadas em relação ao sistema fiscal medidas discricionárias, como, por exemplo, uma que foi anunciada ultimamente e que tem a ver com a tal linguagem dos ricos e dos pobres, dizendo que em relação aos ricos se vai retirar determinado tipo de benefícios, de deduções fiscais, e em relação aos outros provavelmente não", acrescentou.

"Mal vai o país se começa a olhar para os chamados ricos com olhos de menos consideração. Eu em relação aos ricos há apenas um sentimento que tenho e que é: tenho pena de não o ser. Fora disso, o país só progride, só todos têm vantagem que existam ricos. É bom que eles existam, é bom que dêem muitas festas, que comprem muitas coisas, porque isso dá postos de trabalho a dezenas de pessoas", considerou.

"Se nós entramos numa fase em que aquilo que é considerado rico é algo que deve começar a ser esbatido, ou seja, todos a ficarem iguais, nós caminhamos seriamente para uma senda de empobrecimento", sustentou, opondo-se a que se faça "uma quase que perseguição social relativamente a quem é considerado rico".

Manuela Ferreira Leite contrapôs que, "se tivesse de aumentar impostos, se achasse que os ricos estavam tão ricos que já não sabiam o que fazer ao dinheiro, tributava fortemente em impostos indirectos aqueles bens aos quais os ricos têm acesso", como os iates.

"Um iate se calhar devia ser altamente tributado. Agora, deixe lá o rico ir comprar o iate, não lhe tire o dinheiro antes de ele ir ao iate, porque aí tira postos de trabalho àqueles que construíram o iate", argumentou.

O livro da criança disse...

Morangos com Açúcar» na Póvoa do Lanhoso

O parque natural Diverlanhoso foi o cenário escolhido para filmagens alguns episódios da série da TVI

O DiverLanhoso, o maior parque de aventuras da península Ibérica, foi o cenário escolhido para a rodagem de cerca de 30 episódios da série juvenil «Morangos com Açúcar».

As filmagens no parque, situado na Póvoa de Lanhoso, terminam hoje e vão contar a história de umas curtas férias do casal Vítor e Helena, interpretados pelos actores Manuel Lourenço e Elsa Galvão, e dos seus filhos Fred (Rita Jardim), Cláudio (Bruno Veloso), Mateus (Gonçalo Robalo) e Cândida (Ana Catarina).

A estória relatada durante estes episódios descreve a «descoberta» de Fred e de Cláudio de um espaço fantástico em Terras de Lanhoso.

Os jovens personagens gostam tanto daquela região que desafiam os pais a virem ter ao seu encontro e a descobrirem, em família, uma linda zona do país onde é possível praticar desportos radicais.

O entusiasmo dos personagens pela região no enredo, na verdade, é sentido pelo grupo de actores e equipa de filmagens, que não cessa de elogiar as condições do parque, prometendo voltar logo que lhes seja possível, com as suas verdadeiras famílias e amigos.

Os episódios filmados na DiverLanhoso vão ser emitidos, de forma intercalada, com os capítulos filmados no Algarve, e contam a história dos encontros e desencontros amorosos dos jovens, introduzindo a personagem de Daniela, que irá ter um caso amoroso com Cláudio. Um enredo cheio de surpresas para ver na antena da TVI.

Benfica goleia Portsmouth com um bis de Cardozo disse...

Benfica goleia Portsmouth com um bis de Cardozo

Último jogo decide vencedor do troféu

O Benfica derrotou o Portsmouth, por 4-0, e discutirá, hoje, domingo, à noite (21.15 horas), com o Vitória de Guimarães, o 3.º Troféu Cidade-berço. Um bis do paraguaio Cardozo ofuscou as excelentes exibições de Aimar e Di María.

Num início de temporada no qual Óscar Cardozo tem estado em evidência, com sete golos em oito partidas, o internacional paraguaio voltou a ser preponderante no mais recente sucesso dos encarnados. De livre, especialidade que sempre caracterizou a sua carreira, Tacuara inaugurou o marcador, com um espectacular golo. Minutos mais tarde, após magnífico entendimento entre Aimar e Di María, concluiu com sucesso a melhor jogada do desafio, levando ao rubro os muitos adeptos que se deslocaram ao Estádio D. Afonso Henriques, na primeira visita dos encarnados ao Minho.

Mesmo perante um Portsmouth de qualidade superior ao que tinha defrontado o Vitória, na abertura do torneio, a equipa de Jorge Jesus não deu qualquer hipótese de reacção aos "Pompey", cujo futebol ofensivo deixou muito a desejar, terminando a sua participação na competição vimaranense com zero golos marcados e seis sofridos.

No reatamento, já com o brasileiro Weldon no lugar de Cardozo, na única alteração efectuada por Jorge Jesus ao intervalo, a qualidade de jogo baixou consideravelmente. Ainda assim, mesmo com um ritmo de menor intensidade, mas suficiente para controlar a débil equipa que viajou do sul de Inglaterra, o Benfica chegaria tranquilamente a novo golo, com Weldon a justificar a entrada para o lugar do inspirado Cardozo, correspondendo com eficácia ao cruzamento de Carlos Martins.

Perante o domínio registado ao longo de toda a partida, Jorge Jesus aproveitou para lançar o jovem Keirrison no encontro. O mais recente reforço dos encarnados, cedido por empréstimo do Barcelona, justificou os aplausos com o empenho dado nos dez minutos que jogou, contribuindo, de alguma forma, para o quarto golo, atrapalhando a acção de Wilkinson que introduziu a bola na própria baliza.

Face à eliminação imediata do conjunto inglês, não foi necessário recorrer às grandes penalidades. Hoje à noite, decide-se o vencedor da prova, num aliciante Vitória de Guimarães-Benfica.

Benfica 4

Portsmouth 0

local: estádio d.afonso henriques, guimarães.

Arbitro: Paulo costa (porto)

benfica: Quim; Maxi Pereira, Luisão, Sidnei e David Luiz; Javi Garcia, Ruben Amorim, Pablo Aimar e Di Maria; Saviola e Cardozo. Jogaram ainda Weldon, Carlos Martins, Keirrison e Fábio Coentrão. Treinador. Jorge Jesus.

portsmouth: Begovic; Yassin, Kaboul, Distine e Beladj; Mullins, Basinas e Bopp; Kranjkar, Pancrate e Utaka. Jogaram ainda: Mokoena, Finnan, Kanu e Wilkinson. Treinador: Paul Hart.

Ao Intervalo: 2-0.

golos: Cardozo (16 e 39), Weldon (70) e Wilkinson (86 p.b.)

Terra das (Marias) da Fonte ou fontanário, história com histórias... disse...

Hidratação com banana

Para ficar com a pele lisinha, amasse uma banana madura, acrescente uma colher de sopa de iogurte natural e mais a mesma medida de mel.

Passe a mistura no rosto com movimentos circulares e deixe agir por 30 minutos.

Depois lave com água fria.

"Não esqueça mesmo de lavar a carota adocicada, senão as abelhas pousam-se, ou então, não faltarão lambidelas no rosto ao sair de casa!"

Cuide-se...