Número total de visualizações de página

Fussballverband Region Zürich mit Portugiesischen Teams

BLOGGER: SP de Braga, Braga, Portugal. Sporting Clube de Braga de Zurique, Zürich, Switzerlande - GVrreiros do Minho e cultura luso Portuguesa & Helvética...

3. Liga - Gruppe 2
Sporting Clube de Zürich & Centro Lusitano de Zürich
http://www.football.ch/fvrz/de/verein.aspx?v=1629

4. Liga - Gruppe 3
Lafões Club Portugues
http://www.football.ch/fvrz/de/meisterschaft-fvrz.aspx

4. liga - Gruppe 4
Braga de Zürich & Benfica Clube de Zürich
http://www.football.ch/fvrz/de/meisterschaft-fvrz.aspx

Refiro que, o SP de Braga de Zürich, joga com o nome emprestado da Organisação FC Industrie Turicum 2

Site Oficial da Liga Portuguesa de Futebol Profissional http://www.lpfp.pt/Pages/Inicio.aspx

e-mail inspiracaodoautor@sapo.pt

domingo, 31 de outubro de 2010

FC Galatasaray - FC Industrie Turicum 1 : 5

4. Liga - Gruppe 4
Benfica Clube de Zurique - FC Kosova 1 : 2

1. CCD Lautaro-Chile 1 9 7 1 1 (25) 30 : 11 22
2. FC Industrie Turicum 2 10 7 1 2 (32) 37 : 22 22
2. (SP Braga de Zürich) 2 10 7 1 2 (32) 37 : 22 22
3. Benfica Clube de Zurique 1 9 6 0 3 (19) 42 : 14 18
4. FC Kosova 2 9 5 2 2 (27) 31 : 19 17
5. FC Italo Stauffacher 1 9 5 1 3 (13) 23 : 14 16
6. SVA Megas Alexandros 1 9 4 2 3 (20) 26 : 26 14
7. FC Galatasaray 1 9 3 0 6 (18) 18 : 21 9
8. FC Dietikon 2b 9 2 3 4 (33) 13 : 32 9
9. US Avellino Zurigo 1 9 2 2 5 (20) 15 : 29 8
10. SV Seebach ZH 1a 9 1 2 6 (7) 14 : 37 5
11. NK Hajduk 1 9 0 2 7 (21) 15 : 39 2

Rangliste mit Spalte 'Strafpunkte' gemäss Wettspielreglement Art.7.


OUTROS GRUPOS PORTUGUESES

3. Liga - Gruppe 2
Centro Lusitano Zurich - Sporting Clube Zürich 2 : 2

4. Liga - Gruppe 3
FC Morava - Lafoes Club Portugues 6 : 0

1 comentário:

Guimarães foi ao banco e ‘tramou’ o Sporting disse...

Guimarães foi ao banco e ‘tramou’ o Sporting

2-3 em Alvalade
08 de Novembro de 2010 21:41h

Por João Paulo Godinho

O V. Guimarães surpreendeu esta noite o Sporting em Alvalade e venceu por 3-2, alcançando o Benfica no 2º lugar. Postiga e Vukcevic deram vantagem aos leões, mas Targino (2) saltou do banco para tramar o Sporting. Bruno Teles fez o golo da vitória.

O jogo prometia emoções fortes e Sporting e Vitória de Guimarães não defraudaram as expectativas. O filme da primeira parte até anunciava um final feliz para os leões, que não esconderam o moral adquirido pela possibilidade de igualar o Benfica no 2º lugar.

O Sporting entrou dominador e podia ter marcado por duas vezes nos primeiros dez minutos, mas o golo só surgiu aos 16’, através de Postiga. O avançado assinou o seu primeiro golo no campeonato, depois de muitas tentativas frustradas pelos postes, na sequência de uma assistência do chileno Valdés. No entanto, a posição do médio no momento da desmarcação deixou algumas dúvidas.

Entretanto, o árbitro Elmano Santos lesionou-se e teve de dar o lugar a André Gralha, que foi fortemente contestado pelas duas equipas.

Sempre em controlo dos acontecimentos, apesar de alguns contra-ataques venenosos dos vimaranenses, não foi surpresa o segundo golo leonino. Desta feita, a polémica foi bem maior. Aos 29’, Vukcevic ensaia um canto directo e Nilson embrulha-se com a bola na linha de baliza, com os jogadores leoninos a pedirem golo. O árbitro auxiliar valida o golo e André Gralha seguiu a indicação do seu assistente, que de imediato se viu rodeado por um batalhão de jogadores do Vitória de Guimarães, revoltados com a decisão da equipa de arbitragem.

O 2-0 espelhava a superioridade do Sporting, indiferente à polémica que rodeou os seus golos.

Na segunda parte, os leões tentaram gerir o ritmo da partida, mas o atrevimento do Guimarães começou a criar cada vez mais problemas.

O lance capital da partida chegou com a expulsão de Maniche, aos 72’, por agressão a Rui Miguel. Depois dessa expulsão, a equipa de Paulo Sérgio perdeu o rumo por completo.

Em três minutos, Targino, que saltara do banco poucos tempo antes, fez o empate (77’ e 79’) e deixou os 20093 adeptos incrédulos. O ‘golpe de teatro’ da antiga equipa de Paulo Sérgio foi conseguido aos 88’, com Bruno Teles a encostar na pequena área para o surpreendente triunfo do V. Guimarães, por 3-2.

O apito final deu início à festa minhota e aos assobios dos adeptos do Sporting a Paulo Sérgio, cuja equipa está com 10 jornadas a 13 pontos do líder FC Porto.