Número total de visualizações de página

Fussballverband Region Zürich mit Portugiesischen Teams

BLOGGER: SP de Braga, Braga, Portugal. Sporting Clube de Braga de Zurique, Zürich, Switzerlande - GVrreiros do Minho e cultura luso Portuguesa & Helvética...

3. Liga - Gruppe 2
Sporting Clube de Zürich & Centro Lusitano de Zürich
http://www.football.ch/fvrz/de/verein.aspx?v=1629

4. Liga - Gruppe 3
Lafões Club Portugues
http://www.football.ch/fvrz/de/meisterschaft-fvrz.aspx

4. liga - Gruppe 4
Braga de Zürich & Benfica Clube de Zürich
http://www.football.ch/fvrz/de/meisterschaft-fvrz.aspx

Refiro que, o SP de Braga de Zürich, joga com o nome emprestado da Organisação FC Industrie Turicum 2

Site Oficial da Liga Portuguesa de Futebol Profissional http://www.lpfp.pt/Pages/Inicio.aspx

e-mail inspiracaodoautor@sapo.pt

segunda-feira, 31 de maio de 2010

Testemunho de Torres Vedras, desenvolvimento das “Cirurgias Plásticas da Explosão” ocorrido há dois anos

A grande entrevista com Fátima Silva, no “Portugal na Suíça”. O repórter da Lanhoso TV, escritor e jornalista “Quelhas”, esteve com a interveniente de “Torres Vedras” em Zurique, com a sua mensagem do desenvolvimento das “Cirurgias Plásticas” do grande acidente da “Explosão ocorrido precisamente há dois anos e que no qual assombrou o país. Lembro que a Televisão nacional, noticiou esta explosão de “Casais de Larana, concelho de Torres Vedras, (Lisboa), em 25 de Abril de 2008, surgido pelas 8 horas da manhã.” Toda a notícia na comunicação social, não foi bem esclarecida por falta de meios. Os acidentados foram dois adultos e três crianças. A Fátima Silva e seu filho Tozé, Naturais da Póvoa de Lanhoso e seu cunhado, Pedro Batista e filhos, Mafalda e Diogo, naturais de Torres Vedras. Nessa altura o António, marido de Fátima Silva e pai de Tozé, e a sua irmã, Sandra Silva, esposa de Pedro Batista e mãe de Mafalda e Diogo, ficaram na Suíça, sendo previsto irem mais tarde uma semana de férias a Portugal por motivos de emprego. Segundo Fátima Silva, deu-me seu testemunho passados 2 anos corridos. A Fátima Silva recorda e emocionada chora:

- Vim cá fora e lembro que me cheirou a gás, e parece que ele me trouxe de novo para dentro! Peguei no Tozé ao colo e dirigi-me para o Pedro dizendo que cheirava a gás lá fora, ele, abriu a torneira da água da cozinha e tudo aconteceu! Não sei se foi uma explosão de gás ou uma bomba no interior da casa! Fomos pelos ares, fiquemos completamente queimados e nus, levei lá fora o Tozé e entreguei-o a um grupo de peregrinos que iam para Nossa Senhora de Fátima a pé e pedi-lhes para dar água ao Tozé. No entretanto vi o meu cunhado Pedro ali aos saltos, parecia um “tolinho”, quis ir buscar os meus sobrinhos Diogo e Mafalda que estavam lá dentro, mas os peregrinos e vizinhos não me queriam deixar, disse: Tenho de os salvar, se morrermos, morremos juntos ou vivemos juntos! A pele caia-me pelo meu corpo abaixo, ganhei força interior e foi buscar meus sobrinhos, trouxe um em cada braço. Perguntaram o que aconteceu! Levaram-nos para uma banheira de um vizinho e perdi os sentidos. Tempos depois e já no hospital onde esteve em coma mais meu filho é que recordei tudo, mas tudo muito confuso!

A Fátima Silva tem agora 42 anos e o Tozé apenas 4 anos de idade, e já está há 26 anos na Suíça, e diz ir buscar o azar a Portugal, naquela maldita casa. Aquela família assegura nunca mais esquecer aquela tragédia, até porque ficaram as marcas no corpo para toda a vida. O foro psicológico é mais grave que as próprias mazelas corporais. Lembram ainda depois de saírem de coma, os Hospitais da Universidade de Coimbra, de São José e D. Estefânia. Felizmente lembra que, depois de estarem em risco de perder a vida, graças a DEUS ficaram todos vivos… Porque DEUS existe… Seria uma força da Senhora de Fátima ou uma força interior. Confessa a Fátima que, a dor corporal, era inferior ao sentimento que sentia em salvar aquelas crianças daquele gás e fumo tóxico.

A recuperação:
- Já fiz 8 cirurgias às pernas e às mãos, esteve durante 9 meses sem fazer nada, vinham cá enfermeiras especializadas para queimados, para assistirem a mim e meu filho, a minha vida tem sido uma vida de hospital. Agora tenho de emagrecer 20 kg, para poder ser operada novamente, a pela tem de ficar elástica para ser possível, está muito esticada. O Tozé ainda é muito pequeno, tem de crescer para ser operado, ainda tem pela frente muitas cirurgias, tem 85% de corpo queimado, excepto o rabinho e o pénis. O Tozé tem de levar um transplante de orelha, só tem metade. Uma das suas mãozinhas está mais curta e vai ser complicado, já levou muitas anestesias e tem de limpar, só a partir dos 16 anos será possível. O Diogo e a Mafalda vão serem operados com cirurgias no Hospital Universitário de Zürich à cara, estão muito desfigurados.

Testemunho:
- A vida particular, não tem sido nada fácil e muito complicada, tenho de evitar o sol, usar meias apropriadas, sofrer, e sofrer com a dor do meu filho e sobrinhos. A mente sofre muito, não é fácil.

Existência:
- O Tozé é um menino muito forte, quer ser guarda-redes do Vitória de Guimarães, e é este ser que me dá vontade de viver.

Mensagem:
Tenham muita fé e lutem, a vida para além do azar também tem muitas alegrias, não se deixem ir abaixo.

Seguro:
- A justiça está a dar seguimento, Portugal é lento, mas confio no meu advogado. O seguro Suíço quer apertar com o seguro em Portugal e eu não deixo, senão irá ser tudo diferente. Aguardamos. O seguro Suíço não nos abandonou e tem pago tudo.

A Fátima Silva, disse-me que vai pedir permissão, para filmar o momento, antes e depois, do seu filho e dos seus sobrinhos, no processo das cirurgias plásticas.

RTP Link Associado Abril 2008
http://tv1.rtp.pt/noticias/?t=Forte-explosao-provoca-ferimentos-em-emigrantes-portugueses-em-ferias-em-Portugal.rtp&article=61153&visual=3&layout=10&tm=8

http://portugalnasuica.webnode.com.pt/noticias/

Sem comentários: