Número total de visualizações de página

Fussballverband Region Zürich mit Portugiesischen Teams

BLOGGER: SP de Braga, Braga, Portugal. Sporting Clube de Braga de Zurique, Zürich, Switzerlande - GVrreiros do Minho e cultura luso Portuguesa & Helvética...

3. Liga - Gruppe 2
Sporting Clube de Zürich & Centro Lusitano de Zürich
http://www.football.ch/fvrz/de/verein.aspx?v=1629

4. Liga - Gruppe 3
Lafões Club Portugues
http://www.football.ch/fvrz/de/meisterschaft-fvrz.aspx

4. liga - Gruppe 4
Braga de Zürich & Benfica Clube de Zürich
http://www.football.ch/fvrz/de/meisterschaft-fvrz.aspx

Refiro que, o SP de Braga de Zürich, joga com o nome emprestado da Organisação FC Industrie Turicum 2

Site Oficial da Liga Portuguesa de Futebol Profissional http://www.lpfp.pt/Pages/Inicio.aspx

e-mail inspiracaodoautor@sapo.pt

segunda-feira, 8 de março de 2010

V. Setubal 0 vs SP. Braga 0

Braga deixa dois pontos na teia sadina
Jogo da 22.ª jornada da Liga

O Braga não foi além de um nulo, ontem, sábado, no Bonfim, ante o V. Setúbal. Os minhotos podem ficar a três pontos do líder Benfica e não aproveitaram o deslize do F. C. Porto. Depois da igualdade com as águias, os sadinos voltam a tirar pontos a um candidato ao título.

Dois remates perigosos no espaço de dez minutos foram o prenúncio de uma noite complicada para a equipa de Domingos. Ambos de Kazmierczak, o primeiro defendido de forma extraordinária por Eduardo, e o segundo perto do poste. Cedo deu para ver um Braga nervoso, incapaz de pegar na partida, ante um V. Setúbal de combate e a ganhar confiança a cada lance.

Manuel Fernandes, que viu o encontro na bancada, montou a equipa num 4x4x2 e manietou os minhotos. Alan, Mossoró e Hugo Viana nunca conseguiram pegar no jogo, Meyong andou perdido no meio das "torres" setubalenses e Madrid - regressou ao onze, assim como Mossoró - não deu fluidez ao jogo. A teia sadina não deu hipótese. Além disso, a defesa arsenalista esteve intranquila e teve três falhas de marcação quase fatais. Além de "Kaz", também André Pinto andou perto do golo, com todas as assistências vindas dos pés de Hélder Barbosa.
Mesmo no segundo tempo, o ascendente foi quase sempre sadino, tirando os últimos dez minutos. Mas nem aqui o Braga soube aproveitar. Domingos fez três substituições no espaço de seis minutos, todas troca por troca, mas só duas arrancadas de Matheus preocuparam a defesa local. E apenas dois remates, um de Aguiar e outro de Viana, deram trabalho a Nuno Santos. Muito pouco para quem luta pelo título... Além da possível fuga do Benfica, uma vitória, ontem, podia quase ter garantido a Champions aos minhotos, que foram muito apoiados nas bancadas. No final, no entanto, os adeptos dos dois clubes envolveram-se em cenas de violência.

JN

http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Desporto/Interior.aspx?content_id=1513066

2 comentários:

Anónimo disse...

O Benfica isolou-se e segue com pensamento de campeão. O Braga deslisa nas duas ultimas jornadas. Perde no Porto e vai empatar a Setubal. Vamos ver melhores dias para o Braga!

O Braga pode este ano fazer história disse...

O técnico dos bracarenses acredita que o empate na primeira volta e a eliminação da Taça de Portugal, ambos impostos pelo Rio Ave, não terão influência no jogo de amanhã. Domingos pede apoio aos adeptos porque acredita que o Braga, este ano, pode fazer história.


“Das duas vezes que defrontámos o Rio Ave não fizemos um bom jogo. No último (onde o Braga foi eliminado da Taça de Portugal), o que aconteceu na véspera do jogo, com a comunicação dos castigos do Mossoró e Vandinho, e por mais que quiséssemos ficar alheios, não conseguimos. E isso teve influência na partida”, explicou Domingos Paciência em conferência de imprensa de antevisão da recepção do Rio Ave, para a 23ª jornada da I Liga.

Mas agora Domingos admite que o cenário é diferente, dizendo que o Braga está preparado para o jogo de amanhã: “É um jogo diferente, esperamos fazer um jogo mais conseguido. Temos de fazer muito e bem amanhã”.

“Não irei abdicar de jogadores para o jogo com o Benfica. Nesta altura todos os pontos são fundamentais, seja com o Rio Ave ou Benfica”, continuou.

Domingos acrescentou ainda que pensa jogo a jogo, mas numa altura em que a I Liga está em contagem decrescente, sabe da importância de olhar para quem está atrás e à frente dele na tabela classificativa.

“Se quisermos continuar a lutar teremos de vencer os jogos que nos restam, mas também sabemos que é mais difícil. Queremos conquistar os três pontos e lutar pelo primeiro lugar”, afirmou Domingos.

“Podemos fazer história este ano e para isso os adeptos precisam de continuar a acreditar”, frisou o técnico dos bracarenses.

Sobre a sua possível ida para o comando técnico do FC Porto, na próxima época, Domingos foi muito claro: “Nesta altura tem que haver respeito para quem está no activo. Às vezes levam a pensar que existem segundas intenções. Não é de bom grado para ninguém. A mim não me desestabiliza. Mal era se assim fosse”.

Quanto à lista de convocados para o jogo de amanhã, Paulo César é a grande ausência.

Lista dos 19 convocados: Eduardo, Rodriguez, André Leone, Moisés, Evaldo, Mossoró, Luís Aguiar, Diogo valente, Miguel Garcia, Rentería, Meyong, Rafel Bastos, Andrés Madrid, Filipe Oliveira, Alan, kieszeck, Hugo Viana, Adriano e Matheus.