Número total de visualizações de página

Fussballverband Region Zürich mit Portugiesischen Teams

BLOGGER: SP de Braga, Braga, Portugal. Sporting Clube de Braga de Zurique, Zürich, Switzerlande - GVrreiros do Minho e cultura luso Portuguesa & Helvética...

3. Liga - Gruppe 2
Sporting Clube de Zürich & Centro Lusitano de Zürich
http://www.football.ch/fvrz/de/verein.aspx?v=1629

4. Liga - Gruppe 3
Lafões Club Portugues
http://www.football.ch/fvrz/de/meisterschaft-fvrz.aspx

4. liga - Gruppe 4
Braga de Zürich & Benfica Clube de Zürich
http://www.football.ch/fvrz/de/meisterschaft-fvrz.aspx

Refiro que, o SP de Braga de Zürich, joga com o nome emprestado da Organisação FC Industrie Turicum 2

Site Oficial da Liga Portuguesa de Futebol Profissional http://www.lpfp.pt/Pages/Inicio.aspx

e-mail inspiracaodoautor@sapo.pt

sábado, 26 de setembro de 2009

SC Braga - 6 jogos X 3 = 18 pontos - 100% Vitorioso

Olhanense 0-1 Sporting de Braga
Sp. Braga vence em Olhão e soma a sexta vitória consecutiva.

O Sporting de Braga conseguiu a sexta vitória seguida da época, ao derrotar o Olhanense com um golo solitário de Alan aos 94 minutos, em jogo da sexta jornada da Liga principal de futebol, disputado em Olhão.

4 comentários:

os primeiros 100 dias de Domingos Paciência no Sporting Clube de Braga 1 disse...

os primeiros 100 dias de Domingos Paciência no Sporting Clube de Braga

Domingos Paciência começou por ser visto de "lado" quando o Sporting de Braga abandonou prematuramente as competições europeias, mas os seus 100 dias como treinador "arsenalista" ficam marcados pela liderança, isolada e cem por cento vitoriosa, do campeonato.Seis jogos e outras tantas vitórias é um recorde absoluto do clube e algo apenas ao alcance dos "grandes", um feito que assinala um incontestado comando do campeonato, reforçado em termos de significado pelo triunfo sobre dois candidatos ao título.

Sporting em Alvalade (2-1) e FC Porto no Minho (1-0) já sentiram o poder da equipa de Domingos Paciência, um treinador com ambição e discurso ganhador, em bicos de pés para uma oportunidade num dos grandes do futebol nacional.Discreto nos treinos - deixa aos adjuntos as intervenções junto dos seus pupilos - mas com discurso ambicioso e gosto por futebol ofensivo, Domingos ultrapassou as desconfianças iniciais dos bracarenses e agora já os faz sonhar com um título que paira no subconsciente dos adeptos há alguns anos.

Depois de Jesualdo Ferreira ter saído de Braga para o FC Porto (após curta estada no Boavista, onde não chegou a fazer jogos oficiais) e no final da época passada Jorge Jesus ter feito o mesmo para o Benfica, Domingos sabe que precisa também de paciência para concretizar o sonho. O seu trajecto em Braga não começou da melhor forma: o prematuro afastamento da Liga Europa foi uma "bomba" no clube e aumentou as suspeições sobre si, após chegar ao Minho e começar com críticas aos seus antecessores.

Após os primeiros dias de trabalho, ficaram na memória as duras queixas de que nunca tinha encontrado uma equipa com tantas pubalgias, algo que foi entendido como referência ao trabalho de Jorge Jesus, que terminou a época com apenas 12 jogadores disponíveis. Domingos negou, mais tarde, que fosse esse o destinatário.

os primeiros 100 dias de Domingos Paciência no Sporting Clube de Braga 2 disse...

os primeiros 100 dias de Domingos Paciência no Sporting Clube de Braga

Depois de uma pré-época com vitórias normais ante adversários inferiores, chegou a prematura eliminação para a Liga Europa: uma derrota 2-0 em casa frente ao Elfsborg, líder do campeonato sueco, deitou por terra as ambições na prova, seguindo-se novo desaire (2-1) em solo nórdico.Naturalmente instalou-se um ambiente de alguma incredulidade e desconfiança em torno de Domingos, que podia ter sido reforçada na primeira jornada do campeonato, não fosse Meyong dar-lhe uma tardia vitória (1-0, aos 87 minutos) em casa frente à Académica.Esse triunfo deu alguma "folga" ao treinador e equipa que, sem nada a perder e com menos pressão, foi a Alvalade arrancar um importante triunfo por 2-1, que moralizou ainda mais para um natural êxito 3-1 caseiro ante o Belenenses.

De quase besta a bestial foi um ápice - o campeonato parou para duplo compromisso da selecção rumo ao mundial 2010, mas o Sporting Braga continuou a somar, desta vez na Madeira (2-1) frente ao Marítimo, num jogo em que dominou, mas ganhou por linhas tortas, com uma grande penalidade inexistente. O tetracampeão FC Porto surgiu como um forte teste à ambição bracarense e a verdade é que a equipa passou com distinção, impondo-se de forma justa.Sexta-feira novo e importante triunfo, ainda que "suado", em Olhão, ante uma das equipas que veio da Liga de Honra mas que entrou muito bem no campeonato principal.

Em Braga, quando se explica o sucesso, muitos defendem que a época está dividida entre o "antes" e "após" Hugo Viana, emprestado uma época pelo Valência: Domingos tardou a estabilizar o "onze", mas quando o "patrão" apareceu tudo foi diferente, para melhor.Eduardo, Moisés, Vandinho, Hugo Viana e Alan têm sido os esteios de uma equipa que perdeu os influentes Luís Aguiar (Dínamo de Moscovo), Renteria (Brasil) e César Peixoto (um caso desgastante para o grupo, que o perdeu para o Benfica), mas que promete voltar a incomodar os crónicos candidatos ao título.

A verdade é que os adeptos andam entusiasmados e em três jogos (mesmo que um deles tenha sido frente ao FC Porto) a média de espectadores está cifrada em cerca de 12.500, bem superior aos cerca de 7.500 da época passada.

SC BRAGA único clube ainda invencível da principais ligas da Europa disse...

SC BRAGA único clube ainda invencível da principais ligas da Europa

Com a derrota de hoje à tarde do Chelsea para o principal campeonato inglês, perdeu 3 - 1 na casa do Wigan, o Sporting Clube de Braga( http://www.scbraga.pt ) é o único clube da principais ligas do futebol Europeu só com vitórias em todos os jogos disputados. Contando com 6 vitórias nos 6 jornadas disputadas até ao momento para a Liga Sagres.

No próximo sábado o Sp.Braga recebe o setúbal no Estádio AXA, o Estádio dos Sonhos ou "A Pedreira", nomes pelos quais é conhecido o majestoso Estádio que foi um dos anfitriões do Euro-2004, em Braga.

O jogo será realizado às 21h15m, hora de Portugal Continental, e será transmitido no canal português via satélite SportTV.

SP Braga disse...

Os minhotos vivem momento inédito nos 88 anos de vida. O antigo presidente Mesquita Machado fala em gestão inteligente e elogia os adeptos.

O Sp. Braga está a viver um dos momentos mais altos dos seus 88 anos de vida. Seis vitórias consecutivas, nos seis primeiros jogos da temporada 2009/2010, colocam a equipa de futebol na liderança da Liga, algo que nunca aconteceu antes nesta fase da temporada ao clube.

Os bracarenses - ou braguistas, como Marcelo Rebelo de Sousa chama aos verdadeiros adeptos do clube - têm como motivo de orgulho uma Taça de Portugal, conquistada em 1966 frente ao Vitória de Setúbal, no Jamor. Orgulharam-se ainda da carreira europeia da temporada passada, na qual só foram parados nos oitavos-de-final pelo Paris Saint-Germain, assim conquistando a última edição de sempre da Taça Intertoto. Tornando-se desta forma o 4 clube Português a conquistar um troféu nas competições Europeias de futebol.


E agora sonham com o título de campeão nacional. Mesquita Machado, histórico ex-dirigente do clube, disse que esse é, de facto, "um sonho" e assume que, "se não for este ano, será no próximo ou no outro a seguir".

Enquanto espera por essa "grande alegria", o actual presidente da Câmara Municipal de Braga reconhece que o clube está em plena fase de crescimento, atribuindo esses méritos "ao trabalho da actual direcção, nomeadamente do presidente António Salvador", que considera estar a conduzir o clube "de forma inteligente".

O crescimento do Sp. Braga enche de orgulho este antigo presidente, que destaca as "condições de treino", a "organização profissional" e "os adeptos" como impulsionadores. Quanto às assistências no Estádio Axa, a média de 12 mil espectadores nos três jogos lá disputados, representa uma aproximação das pessoas. "Orgulhamo-nos de, em casa, já termos mais adeptos do Braga do que dos outros clubes, mesmo quando recebemos os três grandes", sublinha Mesquita Machado, para quem o Sp. Braga "já não é o segundo clube" de benfiquistas, sportinguistas ou portistas.E, com as brilhantes carreiras da equipa que se sucedem desde a tomada da presidência do clube, e da S.A.D., por António Salvador, em 2002/2003, já conquistou toda uma geração de jovens habitantes Bracarenses, e jovens em todo o Portugal em geral, para a "causa" e "fé" Sporting Clube de Braga.


O sonho de ver os arsenalistas com a dimensão dos outros grandes também alimenta o espírito dos adeptos. "Ainda não temos esse estatuto, principalmente nos média e comunicação social, mas espero que lá chegaremos", assume, desejando que "os resultados sejam o reflexo do que se passe em campo e não consequência de situações externas". E assim os bracarenses alimentam o sonho da glória do ceptro máximo do futebol português...